Deputados petistas vão denunciar novamente Dallagnol ao CNMP

Publicado em 14 julho, 2019
Compartilhe agora!

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS) usou o Twitter neste domingo (14) para anunciar que ele e o deputado Wadih Damous (PT-RJ) vão denunciar novamente o procurador Deltan Dallagnol ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

LEIA TAMBÉM:
Dallagnol montou plano de negócios para faturar com a fama, apontam conversas

Em junho de 2017, os deputados Pimenta e Damous denunciaram Dallagnol ao CNMP por ele exercer atividade comercial através de palestras. A reclamação, porém, foi arquivada porque o órgão entendeu à época que as palestras se enquadravam como atividade docente, o que é permitido por lei, e ressaltou que grande parte dos recursos era destinada a instituições filantrópicas.

“Na época quando eu e @wadih_damous denunciamos os incautos acharam exagero. Afinal de contas, ele só queria promover a cidadania e o combate a corrupção. E agora ?? #VazaJato Voltaremos ao CNMP para que toda verdade seja esclarecida e possamos saber quanto e como ele recebeu”, escreveu Pimenta na rede social.

Neste domingo, reportagem publicada pela Folha de S.Paulo, em parceria com o site The Intercept Brasil, revelou que Dallagnol usou a fama obtida como chefe da operação Lava Jato para faturar alto com palestras.

Compartilhe agora!