Por Esmael Morais

Comissão de Anistia decide não analisar pedido de indenização de Dilma

Publicado em 22/07/2019

A Comissão de Anistia do governo federal decidiu não incluir na pauta desta semana o pedido de indenização apresentado pela ex-presidenta Dilma Rousseff (PT).

LEIA TAMBÉM:
Bolsonaro e Guedes cortam mais R$ 1,44 bi do orçamento sem dizer de onde

A pauta desta semana prevê a análise de 105 processos de reparação às vítimas da ditadura militar (1964-1985), e a comissão havia informado à defesa de Dilma que julgaria o pedido da ex-presidenta.

“A comissão havia dito publicamente na última sessão que o processo da ex-presidente seria colocado em pauta nesta semana, mas não foi desta vez. Vamos esperar para ver se no mês que vem eles colocam”, afirmou a advogada de Dilma, Paula Febrot.

De acordo com a assessoria da Comissão de Anistia, a conselheira Any Ávila Assunção, relatora do caso, pediu para o processo não ser incluído.

As próximas sessões da comissão estão agendadas para os dias 24 e 25 de julho.

Com informações do G1