Até Dória considerou inaceitável fala de Bolsonaro sobre crimes da ditadura

Compartilhe agora!

Até o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), considerou “inaceitável” e “infeliz” a fala do presidente Jair Bolsonaro (PSL) sobre o pai do presidente da Ordem do Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, desaparecido na ditadura militar.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro diz saber o que houve com o pai do presidente da OAB, desaparecido na ditadura

#AgoraFalaBolsonaro vai ao topo do Twitter após insinuações do presidente

Em uma entrevista coletiva, Doria disse que não poderia se calar sobre a fala.

“Eu sou filho de um deputado cassado pelo golpe de 64 e eu vivi o exílio com o meu pai que perdeu quase tudo na vida em dez anos de exílio pela ditadura militar. Inaceitável que o presidente da república se manifeste da forma como se manifestou em relação ao pai do presidente da OAB, Felipe Santa Cruz. Foi uma declaração infeliz do presidente Jair Bolsonaro.” Disse o governador tucano.

Com informações do G1.

Compartilhe agora!