Ataques hacker são “crônica da farsa anunciada”, diz deputado

Compartilhe agora

Sérgio Moro, Deltan Dallagnol, Joice Hasselmann e agora Paulo Guedes. São muitos os “hackers criminosos” agindo contra os governistas e lavajateiros.

O vice-líder do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry (MA) deixou clara a desconfiança. “Crônica da farsa anunciada. Parece ser o motivo de tantos telefones de autoridades bolsonaristas sendo “hackeados”. Aí tem…”, afirmou.

Ironizando a coincidência, a Líder da Minoria na Câmara dos Deputados, Jandira Feghalli (PCdoB-RJ) também postou comentário em seus Twitter. “3 figuras ligadas ao governo alegam que seus celulares foram hackeados. Moro, Joice e agora Guedes. Já dá para pedir música no Fantástico?”.

LEIA TAMBÉM
Os três hackeados “já podem pedir música no Fantástico?”

Antes de Guedes, o ministro da Justiça, Sergio Moro, relatou que o celular foi invadido logo após mensagens reveladas pelo ‘The Intercept Brasil’ deixarem dúvidas sobre parcialidade de atuação de Moro, enquanto ainda juiz da Lava-Jato.

No domingo (21), o site fez sua 11ª denúncia desde que começou a série de divulgações dos chats que apontam o envolvimento de Moro e a cúpula do Judiciário. No último deles, Deltan Dallagnol sugeriu que Sergio Moro protegeria Flávio Bolsonaro para não desagradar ao presidente e não perder sua indicação ao STF.

As informações são do Vermelho.