Assembleia Legislativa vira dormitório de servidores em greve no Paraná

Compartilhe agora

Cerca de 400 servidores públicos estaduais transformaram a Assembleia Legislativa em dormitório no Paraná. Eles ocuparam o parlamento ontem (9) após participarem de uma marcha que reuniu 30 mil pessoas em Curitiba. O funcionalismo está em greve desde 25 de junho contra o governador Ratinho Junior (PSD).

Os servidores que dormiram nas galerias do prédio aguardam uma resposta do governo sobre a reposição salarial e outras pautas da greve.

Ontem, duas reuniões aconteceram com equipes do governo para tratar da greve, nenhuma porém resultou em nova proposta do executivo.

LEIA TAMBÉM
Previdência: CUT promete intensificar ‘corpo a corpo’ com deputados

Após a ocupação da Assembleia, um grupo de deputados tentou obter respostas do governador Ratinho Júnior, mas ainda sem sucesso.

Nesta manhã, a partir das 10h, os manifestantes permanecem no prédio e acompanham a sessão da Casa.

Ainda sem previsão desocupação da Assembleia Legislativa, sindicatos e associações esperam o bom senso do governo em abrir mesa de negociação e debater saídas para a greve que já completa 15 dias.

Veja o momento da ocupação da Assembleia Legislativa: