Por Esmael Morais

Vigília: Expectativa da militância petista em Curitiba é pela soltura de Lula

Publicado em 11/06/2019


A Vigília Lula Livre, situada ao lado da sede da Polícia Federal no bairro de Santa Cândida, em Curitiba, vive momento de grande expectativa com uma possível soltura do ex-presidente Lula. Dezenas de ativistas estão acampados no local há mais de um ano e esperam tomar um gole de cachaça com o petista, segundo promessa feita por Lula durante uma entrevista para a jornalista Mônica Bergamo. Nesta terça-feira (11), ocorre o julgamento do processo que condenou o ex-presidente Lula na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).

O processo estava sendo analisado pelo plenário virtual do colegiado, mas, a pedido do ministro Gilmar Mendes, foi transferido para o plenário físico.

O julgamento acontece no momento em que a Lava Jato e o ministro Sergio Moro (Justiça) estão sob pressão, com o vazamento de conversas relacionadas à operação entre o ex-juiz e o procurador Deltan Dallagnol.

A Segunda Turma do STF é formada pelos ministros Gilmar Mendes, Celso de Mello, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia e Edson Fachin.

*Com informações da Folha de São Paulo