Sargento preso com cocaína na Espanha é ‘bolsonarista’ de carteirinha

Publicado em 27 junho, 2019

O segundo-sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues, preso na Espanha com 39 quilos de cocaína,  era comissário de um avião da Força Áerea Brasileira (FAB) que integrava a comitiva da viagem de Jair Bolsonaro para o encontro do G-20 no Japão.

Rodrigues acompanhou várias comitivas do presidente pelo país, como em 24 de maio, quando fez  um bate-volta de Brasília a Recife, acompanhando Bolsonaro, que passou todo o dia em Pernambuco, relata a Folha de São Paulo.

.

LEIA TAMBÉM
Ministro da falta de Educação faz comentário infeliz sobre drogas

Nas redes sociais, o sargento Rodrigues surge como um ativo apoiador da campanha eleitoral de Jair Bolsonaro em 2018, com postagens vestindo camisetas de apoio ao então candidato do PSL e fazendo o típico gesto bolsonarista da “arminha”.

O caso arranhou ainda mais a desgastada imagem do governo Bolsonaro às vésperas da reunião do G20 no Japão.

.

*Com informações da Folha de São Paulo