No PSL, a demissão do ministro do Turismo já é dada como certa

Publicado em 29 junho, 2019
Compartilhe agora!

Dirigentes do PSL já contam como certa a demissão do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio. A palavra final será do presidente Jair Bolsonaro, que retorna do Japão neste sábado (29), onde participou da reunião do G-20, em Osaka.

A prisão de assessores do ministro pela Polícia Federal foi o tiro de misericórdia em Álvaro Antonio, avaliam as lideranças da legenda.

O ministro é alvo de investigações sobre a utilização de candidaturas laranjas pelo PSL para desviar recursos do fundo partidário nas eleições de 2018 em Minas Gerais.

Compartilhe agora!