Por Esmael Morais

Lula recebe visita de advogado e define estratégia de defesa

Publicado em 11/06/2019


O advogado Cristiano Zanin, que representa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá, esteve na manhã desta terça-feira (11) na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba para visitar o petista. O encontro ocorre no dia em que o Supremo Tribunal Federal (STF) vai analisar um pedido de liberdade ingressado pela defesa pedindo a nulidade das decisões em primeira instância, comandada pelo ex-juiz Sérgio Moro, atual ministro da Justiça e Segurança Pública.

Os advogados devem aguardar a análise do habeas corpus pelo STF para decidir os próximos passos do processo. O pedido de liberdade que vai a julgamento alega que Moro julgou a denúncia contra Lula de forma parcial, com interesses políticos. Com isso, a prisão teria de ser revogada e a acusação analisada por outro juiz.

O pedido, no entanto, foi ingressado ainda em 2018, antes das polêmicas mensagens vazadas entre o então magistrado e o coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol. Nas conversas, o procurador compartilha dúvida sobre o vínculo do suposto favorecimento ilícito de Lula com esquema de propina da Petrobras, um ponto crucial para que o processo ficasse sob a alçada de Moro. O diálogo foi exposto em série de reportagem do portal The Intercept, no último domingo (9).