Lava Jato divulga ‘fake news’ sobre patrimônio de Lula

Compartilhe agora!


Em nota divulgada nesta noite de quinta-feira (27), a assessoria do ex-presidente Lula classificou de grosseira falsidade o fato de a 13ª Vara Federal de Curitiba atribui-lo a quantia milionária de R$ 78 milhões e determinar uma ordem de bloqueio. Segundo a assesoria de Lula “a Lava Jato sabe muito bem que se trata de grosseira falsidade, pois seus procuradores e a Receita Federal fizeram uma devassa arbitrária e ilegal nas contas de Lula, de sua família, da empresa LILS Palestras e até do Instituto Lula, sem encontrar 1 centavo obtido ilicitamente”.

“Lula sequer foi acusado de receber tais valores. A decisão do juiz é ilegal e abusiva. Seu único resultado é produzir manchetes enganosas, associando o nome de Lula a uma quantia astronômica, como fez a Lava Jato em outros episódios. O ex-presidente já teve seus bens bloqueados em valores muito acima do definidos pelo STJ”, esclarece a nota.

“O bloqueio sem fundamentação jurídica é mais uma medida de perseguição política para inviabilizar o sustento de Lula, sua família e sua defesa. A defesa irá recorrer de mais essa violência”, afirma a assessoria do petista.

Compartilhe agora!