Por Esmael Morais

Intercept vaza nova conversa envolvendo ministro do STF

Publicado em 12/06/2019

O ministro Luiz Fux, do STF, pode ter “matado no peito” e determinado a censura à entrevista do ex-presidente Lula à Folha a pedido –informalmente– do ex-juiz Sérgio Moro e do procurador Deltan Dallagnol.

O editor-executivo do The Intercept Brasil, Leandro Demori, em entrevista ao âncora do É da Coisa, Reinaldo Azevedo, revelou uma nova conversa envolvendo o então juiz Sérgio Moro e o procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol que dá margem para entender hoje o posicionamento do ministro.

LEIA TAMBÉM
Associação de Juízes divulga nota de apoio à greve geral do dia 14

Fux surge numa conversa que teria acontecido em 22 de abril de 2016; Dallagnol encaminha para o juiz Sérgio Moro mensagens que enviou para um grupo de procuradores da Lava Jato. Deltan relata uma conversa que teve com o ministro Fux, que teria dado apoio a Operação após uma “queda de braço” entre Moro e o também ministro do STF Teori Zavascki. Em resposta, o atual ministro da Justiça e Segurança Pública comemora: “Excelente. In Fux We trust”.

VEJA O TRECHO DO DIÁLOGO SECRETO:

troca de mensagens