paulo guedes bb 1

Guedes fala em “abortar a nova Previdência”

O ministro da Recessão de Bolsonaro, Paulo Guedes, criticou nesta sexta-feira (14) as mudanças propostas na Previdência na Câmara.

“Eu acho que houve um recuo que pode abortar a nova Previdência. O recuo é que pelo menos pressões corporativas e de servidores do Legislativo forçaram o relator a abrir de R$ 30 bi para os servidores do Legislativo que já são favorecidos no sistema normal, então recuaram na regra de transição. E como isso ia ficar feio, recuar só nos servidores, estenderam também para o regime geral”, disse o ministro.

LEIA TAMBÉM: Metalúrgicos param ABC contra reforma da Previdência

Guedes não quer admitir que a pressão das ruas e a atuação da oposição na Câmara foi o que forçou a redução das maldades na PEC. Sua arrogância abre uma nova crise com Rodrigo Maia e o ‘centrão’.

LEIA TAMBÉM: Oposição ameniza maldades da PEC da Previdência

O ministro já percebeu que os parlamentares não vão cometer suicídio político para agradar o mercado.

Com informações do Portal G1.