Por Esmael Morais

Greve geral: motoristas, metroviários e ferroviários param dia 14 em SP

Publicado em 10/06/2019


Trabalhadores no setor de transporte coletivo urbano devem aderir em peso à greve geral convocada para a próxima sexta-feira (14) contra o projeto de “reforma” da Previdência. Em plenária realizada nesta segunda-feira (10), com entidades sindicais ligadas a várias centrais, os sindicatos de motoristas, metroviários e ferroviários confirmaram que as categorias vão parar durante 24 horas na sexta-feira (14) em São Paulo.

Apenas esses três modais somam perto de 18 milhões de passageiros por dia em São Paulo. Em outras capitais também estão previstas paralisações no setor de transporte.

LEIA TAMBÉM

Corregedoria do CNMP abre sindicância para apurar troca de mensagens

Organizações de caminhoneiros ainda não manifestaram adesão ao movimento, apesar da simpatia de mais de 70% da categoria à greve geral, segundo pesquisa do Datafolha.