Por Esmael Morais

Globo diz que assessores não conseguem explicar trabalho para Flávio Bolsonaro

Publicado em 02/06/2019

O jornal O Globo, edição deste domingo (2), registra que ex-assessores de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) não conseguiram explicar que tipo de trabalho prestavam na Assembleia Legislativa do Rio (ALERJ).

De acordo com reportagem do jornalão dos Marinho, nove parentes de Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro (PSL), tiveram o sigilo bancário quebrado pela Justiça a pedido do Ministério Público.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro promete 40 pontos na CNH

“O GLOBO apurou que ao menos quatro deles têm dificuldades para comprovar que, de fato, assessoraram Flávio”, diz a publicação.

A partir do vazamento de movimentação atípica de R$ 1,2 milhão pelo ex-assessor Fabrício Queiroz, amigo da família Bolsonaro, o Ministério Pública investiga a prática de “rachadinha” no gabinete do ex-deputado estadual Flávio Bolsonaro.

Desde fevereiro deste ano, Flávio ocupa vaga de senador eleito pelo Rio em 2018.