General Heleno ‘dá piti’ e pede prisão perpétua para Lula

Compartilhe agora!

O chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, “deu piti” em reunião com Bolsonaro e jornalistas. Levantou a voz e deu soco na mesa.

“Na minha opinião, e eu sempre tive essa opinião. É minha, hein? Não é do presidente, é minha: um presidente da República desonesto tinha que tomar uma prisão perpétua. Isso é um deboche com a sociedade. Um presidente da República desonesto destrói o conceito do país. Isso é o cúmulo, ele ainda aventar a hipótese da facada ser mentira. E será que o câncer dele foi mentira? E o câncer da dona Dilma foi mentira? Alguém disse pra ele isso aí, teve peito de dizer isso pra ele? Isso é uma canalhice típica desse sujeito.”

LEIA TAMBÉM: General Heleno não quer falar sobre a espionagem contra a Igreja
Heleno poderia comentar a ligação da família do presidente com as milícias, os casos de fantasmas nos gabinetes, o caixa dois na eleição ano passado, etc…

Com essa compostura toda, não só a presidência, mas o país todo está bem seguro.

A líder da minoria na Câmara, deputada Jandira Feghali, rebateu o general tresloucado:

Com informações do Estado de Minas.

Compartilhe agora!