Por Esmael Morais

Funcionários do BNDES farão ato contra Bolsonaro

Publicado em 16/06/2019

Funcionários do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social farão um ato no Rio de Janeiro, na próxima quarta (19), contra a política do governo Bolsonaro para a instituição.

Segundo matéria da Folha de São Paulo, a manifestação já estava marcada desde a última quinta (13) pela associação que representa os funcionários (AFBNDES). Mas depois do episódio da saída do presidente do Banco, Joaquim Levy, a convocação foi reforçada.

LEIA TAMBÉM: Além de Levy, diretor do BNDES ameaçado por Bolsonaro se demite

Os servidores protestam contra a desconstrução da instituição promovida pelo atual governo. São esperados ao menos cinco ex-presidentes do banco.

Eles são contrários à proposta de acabar com repasses do PIS e Pasep para o BNDES, medida prevista na PEC da Previdência.

Depois da saída de Levy, a associação se pronunciou:

“Apesar de divergências sob alguns pontos da atual gestão, como o afastamento da chefe de departamento do Fundo Amazônia e declarações infelizes sobre operações de comércio exterior, a AFBNDES reconhece que Joaquim Levy nunca apoiou ou defendeu fantasias e calúnias que o presidente da República, sempre saudoso da campanha eleitoral, insiste em declarar sobre o BNDES”, diz o comunicado da entidade.

As informações são da Folha de S. Paulo.