Por Esmael Morais

Efeito Bolsonaro: comércio tem pior resultado para abril desde 2015

Publicado em 12/06/2019

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informa nesta quarta (12) que as vendas do comércio varejista caíram 0,6% em abril. É o pior resultado desde 2015, que expressa o Efeito Bolsonaro.

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) vem colecionando recordes negativos na economia em cinco meses de gestão. Segundo o IBGE, é o pior desempenho do setor em quatro anos para o mês de abril desde 2015 (-1%).

LEIA TAMBÉM
Cappelli: Quem está por trás da #VazaJato?

Na prática, o resultado põe o Brasil em situação de estagnação e recessão. O desemprego em alta desestimula o consumo entre os brasileiros.

O IBGE afirma que a retração no varejo foi puxada pelo segmento de hipermercados (-1,8%), que caiu pela terceira vez seguida, e vestuário (-5,5%), que teve o segundo mês negativo. Ou seja, os consumidores deixaram de comprar comida e roupas –itens de primeira necessidade.