Por Esmael Morais

Com Moro enrolado, Bretas quer ser o “evangélico” de Bolsonaro no STF

Publicado em 16/06/2019

Foi a Carta Capital que levantou a lebre: desde que Bolsonaro afirmou que quer indicar um ministro evangélico para o STF, o juiz Marcelo Bretas da Lava Jato do Rio só posta frases bíblicas em suas redes. Agora, com Moro encrencado, parece que as chances de Bretas aumentaram.

LEIA MAIS: Após a decepção, site ensina a remover adesivo da lava jato

Após o STF considerar LGBTfobia um crime, na última quinta-feira 13, o presidente Jair Bolsonaro disse que “não custa nada ter um evangélico” na Suprema Corte.

Ele criticou a decisão da maioria dos ministros e disse que se tivesse um religioso lá, se basearia na bíblia e pediria vista do processo.

LEIA TAMBÉM: Prestígio de Moro e da Lava Jato desabam após revelações do Intercept

Desde então, Bretas tenta se mostrar o candidato perfeito ao cargo. Em seu Twitter, o magistrado só tem feito posts com dizeres religiosos e passagens da bíblia.

Confira essa pérola:

Com informações da Carta Capital.