Efeito Bolsonaro: comércio tem pior resultado para abril desde 2015