UFPR irá recolocar faixa em defesa da educação vandalizada por bolsonaristas

Publicado em 28 maio, 2019
Compartilhe agora!

A comunidade acadêmica da tradicional Universidade Federal do Paraná (UFPR), de Curitiba, promete recolocar na próxima quinta (30) –durante nova manifestação da educação– a faixa retirada por bolsonaristas da fachada do prédio na manifestação de domingo (26) em apoio ao presidente da República.

O reitor da UFPR, Marcelo Ricardo Fonseca, disse ao blog de Leonardo Sakamoto, no Uol, que a atitude dos apoiadores de Bolsonaro foi um “elogio à ignorância” e a causa da educação tem “universalismo” maior que “um conjunto de tolos” que vociferam e arrancam um cartaz.

LEIA TAMBÉM
Sérgio Moro continua silente mesmo após 57 mortes em Manaus

O vandalismo na UFPR chocou a capital paranaense porque, independentemente de partido ou de ideologia, a instituição de ensino superior é um dos símbolos da intelligentsia local e espaço para o debate de ideias. Tanto é que a faixa colocada no prédio da universidade fora uma inciativa unânime da comunidade, não um ato isolado de grupo “a” ou “b”.

Em virtude disso tudo, entidades ligadas à educação irão recolocar a faixa contrária aos cortes de verbas –em defesa da educação– quando da concentração na tradicional Praça Santos Andrade, a partir das 16h30 desta quinta-feira.

Assista e relembre como foi o ato de vandalismo:

Compartilhe agora!