Frei Chico: “Onde estão as provas?”