Tempos de insanidade: não confundam Flávio Dino

Publicado em 31 maio, 2019
Compartilhe agora!

Tenho muito apreço pelo PDT e por Ciro. Meu primeiro voto, com 17 anos, foi no Brizola em 1989. Sai de casa devidamente paramentado com o lenço vermelho no pescoço. Se pudesse voltar no tempo, repetiria meu voto, sem pestanejar. Ciro é um grande brasileiro, com inúmeros serviços prestados à nação.

Me causa tristeza ver Ciro estimulando ataques à Flávio Dino por causa da visita que o Governador do Maranhão fará a Lula. Flávio Dino fará uma visita de cortesia, acompanhado da Governadora Fátima Bezerra, do PT. Lula é um ex-presidente histórico, preso injustamente pelo arbítrio pelas suas qualidades e compromissos com o povo, não pelos seus defeitos.

LEIA TAMBÉM
PM acusado de obstruir investigação do Caso Marielle é preso

Em sociedades civilizadas, reconhecer o passado, personagens históricos relevantes, é uma forma de respeito ao próprio país e a história de seu povo. Flávio Dino vai a Curitiba como estadista que é, ciente de seu papel e compromisso com a nação.

As especulações, da blogosfera do PT de que o Governador visitará Lula para construir uma aliança, com claro intuito de isolar Ciro, e de militantes do PDT de que Flávio Dino vai a Curitiba “beijar a mão de Lula de olho em 2022”, expressam o rebaixamento político que acometeu boa parte da esquerda.

Apontam o dedo para Bolsonaro mas se utilizam de fake news e agressões de toda ordem numa disputa insana pela suposta hegemonia do nada. Criticam os que demonizam a política mas fazem uso do mesmo instrumento.

É lamentável. Continuem com esta guerra insana, com ataques e palavrões enquanto o país afunda. Mas, por favor, não confundam Flávio Dino. Ainda tem gente pensando sinceramente no Brasil.

Compartilhe agora!