Sérgio Moro sofre protestos em Portugal

Compartilhe agora

O ministro da Justiça de Bolsonaro, ex-juiz Sérgio Moro, está em Portugal para participar das Conferências do Estoril. Mas sua presença gerou protestos, com os manifestantes afirmando que ele representa um retrocesso para o povo brasileiro.

LEIA TAMBÉM: Senado aprova acordo com Bolsonaro e retira Coaf de Moro

“Esta manifestação pretende demonstrar o nosso repúdio contra aquilo que representa Moro. Moro representa um governo que é contra tudo aquilo que os brasileiros conseguiram conquistar nos últimos anos depois da queda da ditadura militar”, afirmou aos jornalistas Pedro Teles, membro do movimento que organizou o protesto.

Pedro Teles fez questão de ressaltar que considera o governo de Jair Bolsonaro incapaz de governar o país, além de estar levando o Brasil para um “buraco ainda maior”, que está se agravando devido às políticas contra os direitos, as liberdades e a vida das pessoas.

O movimento também contou com o Coletivo Andorinha, Frente Democrática Brasileira de Lisboa, que afirma que Moro faz parte de um governo que é “contra a democracia, contra as mulheres, contra a educação, a ciência, o ambiente, contra os povos indígenas, cultura afro-brasileira e contra os homossexuais”.

As informações são do Sputnik . Foto da Agência Lusa.