Roberto Barroso defende reforma da Previdência em Londres

Publicado em 18 maio, 2019
Compartilhe agora!

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu neste sábado (18) a reforma da Previdência do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) como forma de se combater a desigualdade e a concentração de renda no Brasil.

LEIA TAMBÉM:
Centrão desiste de Bolsonaro e fará sua própria PEC da Previdência

“A previdência é uma transferência de pobres para ricos. Pobre não se aposenta com 50 anos. Ele nem consegue comprovar o tempo de contribuição. Pobre se aposenta por idade. O sistema é extremamente injusto e perverso. Nós precisamos de programas sociais sérios”, declarou o ministro na conferência de abertura do Brazil Forum UK em Londres.

Barroso jurou que não tem ligações políticas – “não posso, não quero e não devo” – mas criticou os que combatem a reforma da Previdência sob o argumento de não ajudar o atual governo. Segundo ele, “é preciso uma gota de patriotismo” em favor da reforma.

“A gente tem que fazer pelo país, pelas pessoas. Tem gente sofrendo, tem gente desempregada, tem gente que não recebe os benefícios que deveria receber”, afirmou.

Para Barroso, um arco de alianças “amplo e poderoso” se formou “para nos manter atrasados e reféns”.

Com informações do G1

Compartilhe agora!