Por Esmael Morais

Reitor da UFPR fala dos ataques do governo Bolsonaro

Publicado em 03/05/2019

A mais antiga universidade em funcionamento no país, a Federal do Paraná (UFPR) atende a uma comunidade com mais de 33 mil alunos, em 164 cursos de graduação e 89 programas de pós-graduação. São 89 mestrados e 61 doutorados, além de 45 cursos de especialização e profunda inserção na comunidade, em 392 projetos e programas de extensão.

Em entrevista para o Brasil de Fato, o reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, falou sobre as dificuldades que virão e de como as universidades públicas deverão fazer a resistência diante de ações como essa.

Para ele, as “Universidades Públicas são solução, não problema”.

LEIA MAIS: Cortes do MEC ameaçam funcionamento da UFPR no 2º semestre

O professor Ricardo comentou o corte de 30% na verba de custeio da universidade promovido pelo governo Bolsonaro:

“É como se você acordasse num dia, verificasse sua conta e o dinheiro que você tinha programado para despesas até o fim do ano tivesse sido retirado”.

Leia a íntegra da entrevista feita por Ana Carolina Caldas para o Brasil de Fato.