Pelo Fora Bozo, UNE volta às ruas nesta quarta 15

Publicado em 14 maio, 2019
Compartilhe agora!

O deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP), ex-presidente da União Nacional dos Estudantes, a UNE, foi o autor do requerimento aprovado convocando o ministro da Educação, Abraham Weintraub, se explicar nesta quarta (15) na Câmara.

Orlando aplicou uma goleada no presidente Jair Bolsonaro (PSL) na Câmara. O plenário aprovou por 307 votos a favor e 82 contra a presença obrigatória do ministro na Casa. Portanto, a derrota mais acachapante desde o início do governo.

Do lado de fora, na Praça dos Três Poderes, milhares de estudantes liderados pela UNE de Orlando Silva estarão gritando “Fora Bozo” –apelido de Bolsonaro nos meios políticos. Em todas as demais capitais — e grandes, médios e pequenos centros– também haverá manifestações da educação contra os cortes de verbas para o setor.

LEIA TAMBÉM
#TsunamiDaEducação: “Não vão nos enganar”

O jornalista Ricardo Cappelli, outro ex-presidente da UNE, afirmou que Bolsonaro anteviu o tsunami de hoje em quatro pontos. A saber de que forma:

1 – Bolsonaro joga Moro na fogueira e revela acordo para sua indicação ao STF com 18 meses de antecedência.

2 – Justiça quebra o sigilo fiscal de Flávio Bolsonaro e Queiroz.

3 – Convocação do Ministro da Educação é aprovada em nova estrondosa derrota do governo na Câmara: 307 x 82

4 – Lava Jato é goleada no STJ. Prisão preventiva ilegal de Temer é revogada.

“Hoje ainda é terça feira… O Presidente –que insinuou que esta semana viria um Tsunami– já pode ser considerado um vidente”, ironiza Cappelli.

Compartilhe agora!