Por Esmael Morais

Moro sobre transferência do COAF: Decisão não muito favorável

Publicado em 09/05/2019

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou nesta quinta-feira (9) que a transferência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) para o Ministério da Economia não é favorável ao fortalecimento do órgão.

“A intenção de trazer para o Ministério da Justiça sempre foi a de fortalecer o COAF. Houve uma decisão não muito favorável a essa proposta do governo, mas, independentemente do que aconteça, podem ter certeza que a política do governo vai ser sempre de fortalecimento desse órgão. Não é política do Ministério da Justiça ou do governo, na verdade é política de Estado”, disse o ministro durante uma solenidade no COAF.

LEIA TAMBÉM:
MPF acusa União de censura e pede volta da propaganda do BB

Nesta quinta, a comissão mista que analisa a reforma administrativa de Bolsonaro decidiu retirar o órgão do Ministério da Justiça e Segurança Pública e aprovou a transferência para o Ministério da Economia. A decisão significou uma derrota para Moro, que queria o COAF sob o seu comando.

Com informações do Estadão