Justiça da Venezuela decreta prisão do golpista Leopoldo López

Publicado em 2 maio, 2019
Compartilhe agora!


O Tribunal Supremo da Venezuela decretou nesta quinta-feira (2) a prisão do golpista Leopoldo López, líder do partido de extrema-direita Voluntad Popular, que se encontra abrigado na embaixada da Espanha, em Caracas, após ter violado nesta semana a prisão domiciliar e participar da intentona golpista promovida por Juan Guaidó.

Após burlar a prisão domiciliar na madrugada de terça-feira (30), López participou da intentona golpista liderada por Juan Guaidó. Naquela manhã, o autoproclamado presidente interino convocou um golpe militar contra o governo constitucional de Nicolás Maduro.

López, desde então, está abrigado na embaixada da Espanha. Ele chegou a ser recebido na representação chilena, mas o representante do país sul-americano transferiu o político porque o local já abriga outras pessoas.

O Tribunal Supremo publicou que López violou as condições da detenção em casa e deu uma ordem para que ele seja preso.

A sentença do golpista é de 14 anos de prisão, dos quais cinco já foram cumpridos.

*Com informações de Agências

Compartilhe agora!