Por Esmael Morais

Frente Parlamentar contra privatização da Petrobras será lançada nesta quarta

Publicado em 28/05/2019


A Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) e sindicatos da base da Federação Única dos Petroleiros (FUP) participarão nesta quarta-feira (29) do lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras. As entidades sindicais e os parlamentares apontam para os riscos à soberania nacional com o desmonte e privatização da estatal.

O evento tem início às 9h, com realização do debate ‘Papel do Estado e Empresas Públicas’. Quem quiser participar do evento é só fazer sua inscrição pelo email publiccomite@gmail.com. O debate será no Hotel San Marco. Às 15h será lançado o livro ‘A Importância do Refino para a Petrobras e para o Brasil’, no auditório Freitas Nobre.

Para se ter noção do tamanho do desmonte em andamento, basta lembrar que nesta segunda-feira, dia 27, a Petrobras tentou colocar à venda 27 campos maduros terrestres no Espírito Santo. Além disso, a companhia anunciou o início do processo de venda de oito refinarias, da rede de postos no Uruguai, a redução no capital da BR Distribuidora, a saída do setor de termelétricas, diminuição nos investimentos em energia limpas e a venda da Transportadora Associada de Gás (TAG), além do fato de já ter se desfeito de campos de petróleo e gás natural em todo o país.

A Petrobras alienou, no mês passado, 34 campos de produção terrestres no Rio Grande do Norte e metade dos direitos para exploração e produção no campo de Tartaruga Verde, na Bacia de Campos. Na lista do desmonte está a pretensão em vender a Liquigás, além de outros ativos.

A empresa pretende vender também a Liquigás, subsidiária do setor de gás, entre outros ativos.

Uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, suspendeu as privatizações na companhia.

*Com informações da FNP e Sindicato dos Petroleiros do RN