Empresários bolsonaristas descartam participar de manifestação contra Congresso e STF

Publicado em 21 maio, 2019
Compartilhe agora!

Grandes empresários seguidores do presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmam que não vão participar das manifestações convocadas para o próximo domingo (26).

Para Gabriel Kanner, presidente do Brasil 200, movimento que reúne empresários simpatizantes do atual governo como Flávio Rocha (Riachuelo) e João Appolinário (Polishop), jogar a população contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF), como tem feito Bolsonaro, é um erro.

LEIA TAMBÉM:
Aliados pressionam para Bolsonaro cancelar manifestação do dia 26

Bolsonaro repete Collor: não me deixem só!

“A forma como surgiu essa manifestação foi um pouco nebulosa no nosso entendimento. Vimos pessoas com hashtags sobre invadir o Congresso ou fechar o STF. A nossa orientação é refutar qualquer tipo de pedido neste sentido”, disse Kanner.

“Não é hora de conflito. É hora de trabalho. É hora de quem acredita no desenvolvimento do país, quem acredita no governo e quer que esse governo dê certo, se unir. É defender de forma responsável as reformas. Precisamos dessa união”, completou.

Com informações da Folha

Compartilhe agora!