Desespero: MEC abre canal de denúncia contra manifestantes

Compartilhe agora!

O ministério da Educação de Bolsonaro partiu para o desespero e abriu um canal de denúncia contra professores ou estudantes que “causem algum tipo de constrangimento” na mobilização para as manifestações contra os cortes na educação. O ministro Abraham Weintraub compartilhou um vídeo pedindo que os pais ou estudantes enviem as denúncias por e-mail.

LEIA TAMBÉM: Robôs apelam para a censura com #Dia30MeuFilhoNaoVai

É mais uma tentativa do governo de criar um clima de terrorismo e tentar desmobilizar a juventude  que vai para as ruas neste dia 30 de maio.

Confira:

Compartilhe agora!