Por Esmael Morais

Confira onde serão os protestos nas capitais contra o corte na Educação

Publicado em 30/05/2019

Estudantes, professores e movimentos sociais voltam às ruas, nesta quinta-feira (30), em todo o país para protestar contra os cortes na educação pública anunciados pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL). Além das capitais e do distrito federal, mais de 150 cidades em todos os Estados já têm atos agendados.

Veja onde serão os protestos em todas as capitais do país:

São Paulo: Largo da Batata, às 16hRio de Janeiro: Candelária, às 15h

Belo Horizonte: Praça da Estação – Avenida dos Andradas, às 9h

Vitória: Teatro da UFES, às 16h30

Brasília: Museu Nacional De Brasília, às 10h

Curitiba: Praça Santos Andrade, às 18h

Porto Alegre: Esquina Democrática – Borges de Medeiros X Rua dos Andradas, às 18h

Florianópolis: Praça XV de Novembro, às 15h

Salvador: Praça do Campo Grande, às 10h

Fortaleza: Praça da Gentilândia, às 10h

Recife: Rua da Aurora, às 15h

Natal: Midway Mall, às 10h

São Luis: Praça Deodoro, às 15h

Teresina: Em frente ao INSS, às 8h

João Pessoa: CCHLA/UFPB, às 15h

Aracaju: Praça General Valadão, às 15h

Maceió: Praça do Centenário, às 13h

Manaus: Praça da Saudade, às 15h

Belém: Praça da República, às 13h

Macapá: Praça da Bandeira, às 16h

Porto Velho: UNIR Centro, às 17h

Campo Grande: Praça Ary Coelho, às 15h

Cuiabá: Praça Alencastro, às 14h

Goiânia: Praça Universitária, às 15h

Palmas: Universidade Federal do Tocantins (UFT), às 18h

Boa Vista: Centro Cívico, às 16h

Rio Branco: Praça da Revolução, às 11h