plenário CD

Centrão opera ‘parlamentarismo branco’ diante do esvaziamento de Bolsonaro

Publicado em 17 maio, 2019
Compartilhe agora!

plenário CD

Diversos deputados que integram o chamado centrão operam  uma espécie de “parlamentarismo branco” com o crescente desmanche político do governo de Jair Bolsonaro (PSL). Na leitura desses parlamentares, o Congresso deve impulsionar uma agenda própria como forma de assumir um protagonismo político sem a dependência da pauta emanada do Planalto.

Os congressistas vão reforçar a Bolsonaro a ideia de que ele é mais dependente do Legislativo do que o parlamento dele. Segundo analistas políticos, o governo não conseguirá aprovar a proposta de reforma da Previdência enviada ao parlamento. No atual momento, será aprovada a matéria que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com apoio do Centrão, quiser.

Parlamentares de partidos como PP, PRB, PR, DEM, PSD e setores do MDB operam na retaguarda a construção da agenda do parlamentarismo branco em sintonia com o Rodrigo Maia (DEM-RJ). A elaboração de uma nova proposta de PEC da Previdência pelos deputados vai nessa direção.

As manifestações contra os cortes na Educação e o avanço das investigações do caso Queiroz, que envolvem diretamente o filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), aumentaram a percepção do isolamento político de Bolsonaro.

Compartilhe agora!