Bolsonaro vai lançar o programa “Meu Aluguel, Minha Dívida”

Compartilhe agora!

O “Minha Casa, Minha Vida”, principal programa de habitação do Brasil, criado por Dilma Rousseff (PT), sofrerá mudanças que devem ser anunciadas em julho pelo presidente Bolsonaro (PSL). A principal é que os mais pobres vão alugar ao invés de adquirir os imóveis. Será o programa “Meu Aluguel, Minha Dívida”.

LEIA TAMBÉM: Bolsonaro tem 15 dias para se retratar e indenizar Maria do Rosário

Segundo o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, as alterações serão feitas somente nas linhas destinadas a atender aos mais pobres, com renda até R$ 2,6 mil. Eles não serão proprietários dos imóveis, somente locatários.

A ideia do governo é impedir que as casas sejam vendidas.

Então, ficaria melhor chamar de “Meu Aluguel, Minha Dívida”, já que não será “minha” casa, nem “minha” vida…

Com informações do Estadão. 

Compartilhe agora!