Bolsonaro quer fechar o Congresso, diz Folha

Compartilhe agora!

A Folha de S. Paulo deste sábado (18) agrava a situação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) ao atribuir a ele o desejo de fechar o Congresso Nacional.

O jornalão paulistano interpretou a carta compartilhada ontem pelo presidente como um aceno à radicalização política, qual seja, interditar o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF).

A Folha juntou lé com cré, isto é, a carta-bomba de Bolsonaro e a mobilização convocada nas redes sociais pelos bolsonaristas no dia 26 contra parlamentares e magistrados da corte máxima.

LEIA TAMBÉM
Orlando Silva: O “tsunami da educação” fez a frente ampla nas ruas

Os bolsominions, especialistas em fake news, distribuem áudio de supostos caminhoneiros que ameaçam Câmara e Senado e “àqueles 11 togados de merda” –segundo o jornal.

O diabo é que os caminhoneiros estão sacudos com Bolsonaro em virtude dos aumentos abusivos no preço do diesel e devido ao tabelamento no frete, questões que o capitão não conseguiu resolver para categoria e estopim para uma greve.

Nesse ambiente de radicalização de Bolsonaro, que flerta com um golpe, de acordo com a Folha, entidades estudantis prometem voltar às ruas no próximo dia 30 de maio para defender a educação e a democracia no País.

Compartilhe agora!