Por Esmael Morais

Bolsonaro diz que exagerou ao chamar estudantes de “idiotas úteis”

Publicado em 27/05/2019

Após exaltar os manifestantes que foram às ruas neste domingo (26) em defesa do governo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse ter exagerado ao chamar de “idiotas úteis” os participantes dos protestos contrários aos cortes na educação no último dia 15.

“Eu exagerei, concordo, eu exagerei. O que diz aí o certo é que são os inocentes úteis. A grande maioria são garotos inocentes que não sabiam o que estavam fazendo lá”, disse o presidente ontem (26) em entrevista à TV Record.

LEIA TAMBÉM:
Efeito Bolsonaro: Multinacionais deixam o Brasil

Para Bolsonaro, “a garotada foi pra rua contra corte na educação”, sem saber que se tratava apenas de um contingenciamento de recursos.

“Eu deixei de gastar, não tirei o dinheiro do banco. Eu segurei aproximadamente 3,6% do montante. Quer dizer, 30% de 12% das despesas discricionais. E a molecada foi usada, essa garotada foi usada por professores inescrupulosos, uma parte né, para fazer manifestação política contra o governo”, disse.

Com informações da Folha