Bolsonaro atira Moro ao mar, com Coaf e tudo

Publicado em 23 maio, 2019
Compartilhe agora!

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) atirou ao mar o ministro Sérgio Moro ao pedir que o Senado “toque o barco” e repita as decisões da Câmara acerca da MP 870, da minirreforma administrativa do governo, que retirou o Coaf (Conselho de Atividades Financeiras) das mãos do ex-juiz da lava jato.

“No meu entender deve votar [no Senado] o que foi aprovado na Câmara. O parlamento tem legitimidade para mudar essas questões”, disse o presidente durante live no Facebook na noite desta quinta (23).

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro tem 15 dias para se retratar e indenizar Maria do Rosário

Mais cedo o líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), tinha dito que lutaria para devolver o Coaf para Moro. Entretanto, Bolsonaro deu a contraordem desautorizando seu líder na transmissão ao vivo de hoje.

O próprio ministro Moro também não descartava um veto de Bolsonaro à decisão do Congresso, mas que era algo a ser avaliado.

“É preciso tocar o barco”, afirmou o capitão, ao atirar ao mar Moro com Coaf e tudo.

Embora tenha perdido um “braço” no embate com o Congresso, a tendência é Sérgio Moro continuar no governo. Mais fraco politicamente, é verdade.

Assista ao vídeo:

Compartilhe agora!