Alberto e Cristina Kirchner lançam campanha presidencial neste sábado

Publicado em 24 maio, 2019
Compartilhe agora!


A fórmula eleitoral Alberto Fernández-Cristina Kirchner, pré-candidatos a presidente e vice-presidenta, respectivamente, para as eleições gerais da Argentina, realizará neste sábado (25) o ato de lançamento da campanha presidencial peronista.

A data do lançamento da campanha carrega o simbolismo dos 209 anos da Revolução de Maio, que abriu o caminho para a definitiva independência dos espanhóis, e justamente quando se cumprem 16 anos que Néstor Kirchner chegou à Casa Rosada.

Os dois pré-candidatos participarão da inauguração de um parque em honra ao falecido ex-mandatário na localidade de Merlo, na grande Buenos Aires. Segundo anunciou o dirigente do partido, Gustavo Menéndez, às 16:00 hora local começará a cerimônia que estará carregada de simbolismo, data da pátria argentina e no mesmo dia em que começou há 16 anos atrás o que hoje se conhece como kirchnerismo, representado nas figuras de Néstor e Cristina.

Anunciada pela atual senadora sábado passado (18), este será o primeiro ato público de massa onde serão vistos juntos Alberto e Cristina Kirchner e se espera também a presença do deputado e líder da corrente Cámpora, Máximo Kirchner, representando a unidade do peronismo.

Remodelada, a Quinta municipal La Colonial, que conta com um poliesportivo, um campo de futebol, um campo de hockey profissional de grama sintética, espaços para jogos infantis e um lago artificial, levará o nome de Parque Municipal Néstor Kirchner, em homenagem ao ex-presidente.

Em uma mensagem divulgada 18 de maio em suas redes sociais, Cristina Kirchner, atual senadora pela Unidade Cidadã, apontou que “a situação do povo é dramática e está convencida de que esta fórmula é a que melhor expressa o que a Argentina precisa neste momento, convocando assim os mais amplos setores políticos e sociais”.

Também pediu à militância “para cerrar fileiras acompanhando esta chapa, trabalhando com alegria e esperança, porque a vitória depende de nós mesmos e do que cada um contribuir”, disse.

*Com informações da Prensa Latina

Compartilhe agora!