AGU admite tentativa de censura nas universidades

O advogado-geral da União, André Mendonça, disse que o órgão solicitou ao Supremo Tribunal Federal autorização para que as polícias façam operações dentro de universidades para coibir “viés ideológico” de professores.

Para ele, esse tipo de operação não significa censura. Mas ele quer impedir que os mestres militem.

LEIA TAMBÉM: Bolsonaro quer que o STF autorize invasão policial nas universidades

“Professores precisam ter um comportamento imparcial, tem assunto polêmico, é natural que se debata. Agora, o que não pode haver é uso de professor sendo tendencioso.” Disse.

Agora, o ministro poderia aproveitar para explicar quem vai definir o que é ser imparcial: o presidente de extrema direita, seus ministros militares, ou o guru Olavo de Carvalho?

Com informações do G1.