Por Esmael Morais

Ações da Taurus disparam com liberação de fuzis

Publicado em 21/05/2019

As ações da fabricante de armas Taurus tiveram em forte alta nesta terça-feira (21). A valorização veio após a notícia de que um fuzil fabricado pela empresa poderia ser vendido para civis, segundo o decreto do governo Bolsonaro.

Os papéis preferenciais da companhia avançaram 7,60% e as ações ordinárias tiveram valorização de 4,84%.

A venda seria possível a partir da nova classificação que aumentou em até quatro vezes o poder de fogo de armas que podem ser adquiridas pelos cidadãos. A classificação inclui o fuzil T4 da Taurus, arma usada por forças táticas militares.

LEIA TAMBÉM: Por que Moro não responde se teve encontro com executivos da Taurus?

A companhia informou que espera “imediatamente atender os clientes” assim que a regulamentação entrar em vigor.

“Temos uma fila de 2 mil clientes”, informou a empresa, que tem sede no Rio Grande do Sul. “Estamos preparados para atender em até três dias as demandas dos nossos clientes.”

Com informações da Exame e do G1.