A Educação vai parar e Bolsonaro foi passear no Texas

Compartilhe agora!

O presidente Jair Bolsonaro embarcou na noite desta terça-feira (14) para Dallas (Texas), nos Estados Unidos. Ele foi receber uma homenagem da Câmara de Comércio Brasil – Estados Unidos. Será uma viagem melancólica, com agenda esvaziada. A figura mais ilustre com quem o Bozo vai se reunir é o ex-presidente George W. Bush, aposentado há uma década.

A viagem a Dallas substitui a que seria feita a Nova York, local inicialmente previsto para a homenagem. Mas Bolsonaro virou persona non grata por seus posicionamentos machistas e homofóbicos.

LEIA TAMBÉM: Prefeito de Nova York comemora desistência de Bolsonaro: Seu ódio não é bem-vindo aqui

Esta é a segunda viagem de Bolsonaro aos Estados Unidos desde a posse, em janeiro. No mesmo período, ele não visitou o Nordeste brasileiro nenhuma vez.

A escolha do Texas se deve ao conservadorismo, onde o presidente brasileiro deve sentir-se mais confortável. Mesmo assim, há quem planeje estragar a festa.

Ativistas brasileiros e norte-americanos prepararam uma agenda de protestos contra Bolsonaro.

Enquanto isso, no Brasil, a greve da educação terá atos, passeatas e protestos em todos os estados; em dezenas, talvez centenas de cidades. Há quem diga é o começo da queda do Bozo…

Compartilhe agora!