Por Esmael Morais

PT divulga deputados que votaram SIM à reforma da previdência

Publicado em 24/04/2019

O líder do PT na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), publicou fotografia do painel de votação na CCJ da Câmara. Ele quer que os eleitores guardem os nomes dos deputados que votaram favorável (SIM) à reforma da previdência na noite desta terça-feira (23).

“Guarde o nome de quem votou SIM hoje na CCJ da Câmara”, tuitou ontem o líder petista. Para ele, os deputados que apoiaram a proposta do presidente Jair Bolsonaro (PSL) são traidores que irão destruir a previdência social no Brasil e acabar com o direito à aposentadoria do povo brasileiro.

LEIA TAMBÉM
Lula será entrevistado na sexta pela Folha e El País

O PT trabalha com números de 2018 para sustentar a tese segunda qual 60% dos deputados que votaram pela malsucedida reforma da previdência, no governo Michel Temer (MDB), não se reelegeram. Ou seja, na comissão especial dos 23 parlamentares que apoiaram o fim da aposentadoria, em 2017, apenas 13 conseguiram mandato para a atual legislatura.

Embora o texto da reforma proposta por Bolsonaro tenha sido aprovado ontem pela CCJ da Câmara, pelo placar de 48 votos a 18, Pimenta avisa que a batalha só começou e que os “traidores” serão derrotados.

Veja quais deputados votaram SIM à reforma da previdência, conforme o painel eletrônico:

Caroline de Toni (PSL-SC)
Daniel Freitas (PSL-SC)
Delegado Marcelo (PSL-MG)
Delegado Waldir (PSL-GO)
Felipe Francischini (PSL-PR)
Nicoletti (PSL-RR)
Aguinaldo Ribeiro (PP-PB)
Beto Rosado (PP-RN)
Hiran Gonçalves (PP-RR)
Marcelo Aro (PP-MG)
Margarete Coelho (PP-PI)
Darci de Matos (PSD-SC)
Deleg. Éder Mauro (PSD-PA)
Edilazio Junior (PSD-MA)
Fábio Trad (PSD-MS)
Stephanes Junior (PSD-PR)
Arthur O. Maia (DEM-BA)
Bilac Pinto (DEM-MG)
Geninho Zuliani (DEM-SP)
Paulo Azi (DEM-BA)
Alceu Moreira (MDB-RS)
Celso Maldaner (MDB-SC)
Herculano Passos (MDB-SP)
Márcio Biolchi (MDB-RS)
Gelson Azevedo (PR-RJ)
Giovani Cherini (PR-RS)
Marcelo Ramos (PR-AM)
Sergio Toledo (PR-AL)
João Campos (PRB-GO)
João Roma (PRB-BA)
Lafayette Andrada (PRB-MG)
Luizão Goulart (PRB-PR)
Eduardo Cury (PSDB-SP)
Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG)
Samuel Moreira (PSDB-SP)
Shéridan (PSDB-RR)
Paulo Martins (PSC-PR)
Maurício Dziedrick (PTB-RS)
Diego Garcia (PODE-PR)
Léo Moraes (PODE-RO)
Genecias Noronha (SOLIDARIEDADE-CE)
Augusto Coutinho (SOLIDARIEDADE-PE)
Luis Tibé (AVANTE-MG)
Rubens Bueno (CIDADANIA-PR)
Pastor Eurico (PATRI-PE)
Enrico Misasi (PV-SP)
Gilson Marques (NOVO-SC)