Por Esmael Morais

Oposição aciona Justiça por fim de sigilo na reforma da Previdência

Publicado em 23/04/2019

O PT, PDT, PSOL e PCdoB entraram com um mandado de segurança coletivo na Justiça Federal para exigir que os dados relativos à proposta de reforma da Previdência se tornem públicos.

LEIA TAMBÉM:
Requião: Reforma da previdência sigilosa é uma merda universal

No mandado, os partidos solicitaram aos ministros Paulo Guedes (Economia) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil) que as informações sejam apresentadas antes da sessão da Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) da Câmara, que vai ocorrer no início da tarde de hoje (23).

Para os partidos, ao restringir o acesso aos documentos, o governo impede que a sociedade civil tenha acesso aos estudos que sustentam a tentativa de endurecimento das regras de acesso à aposentadoria.

“É vergonhoso esconder do cidadão o acesso aos dados econômicos que embasam o texto da Reforma da Previdência. O presidente [da República] não sabe do que fala, e os aliados escondem o que não podem explicar”, disse o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE).

Para ler o mandado de segurança na íntegra, clique aqui.

Com informações do PT