Obscura Câmara de Comércio Brasil-EUA premiará Bolsonaro como ‘pessoa do ano’

Publicado em 8 abril, 2019
Compartilhe agora!

A obscuríssima Câmara Brasileira-Americana de Comércio, sediada em Nova York, EUA, vai conceder o também obscuro prêmio de ‘pessoa do ano’ ao obscuro presidente Jair Bolsonaro (PSL).

A pretexto de receber a honraria, Bolsonaro voltará dois meses depois à meca do capitalismo mundial — os Estados Unidos. Ele esteve na terra do Tio Sam na metade do mês de março. A previsão é de o capitão receber o prêmio no dia 14 de maio.

LEIA TAMBÉM
Datafolha: 40% dos brasileiros acreditam que corrupção vai aumentar com Bolsonaro

O jantar em homenagem a Bolsonaro conta com o patrocínio de instituições do mercado financeiro, qual seja, lobistas interessados na reforma da previdência (fim da aposentadoria).

Dentre os mais vistosos patrocinadores da ‘pessoa do ano’ estão a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Bradesco, BTG Pactual, Itaú BBA, e Safra, além de instituições estrangeiras como Santander, HSBC, UBS, Citi, Credit Suisse e Bank of America Merrill Lynch.

No ano passado, o ex-presidente Lula acusou o ex-juiz Sérgio Moro — agora ministro da Justiça — de conspirar nos EUA durante evento idêntico que também o premiou como ‘pessoa do ano’ de 2018. Na época, a Petrobras bancou parte da farra em Nova York.

Compartilhe agora!