Por Esmael Morais

Mourão tenta “aliviar a barra” de Bolsonaro no Washington Post

O jornal The Washington Post dos EUA desta segunda-feira (15) publicou uma entrevista com o vice-presidente Mourão (PRTB). Na matéria, o general tenta “aliviar a barra” de Bolsoanro (PSL) minimizando suas declarações e posicionamentos bizarros sobre o nazismo. LEIA TAMBÉM: Mourão teve um infarto ou

Publicado em 15/04/2019

O jornal The Washington Post dos EUA desta segunda-feira (15) publicou uma entrevista com o vice-presidente Mourão (PRTB). Na matéria, o general tenta “aliviar a barra” de Bolsoanro (PSL) minimizando suas declarações e posicionamentos bizarros sobre o nazismo.

LEIA TAMBÉM: Mourão teve um infarto ou é só “dor de cotovelo”?

Questionado sobre o discurso do presidente em relação ao nazismo Mourão disse que muitas vezes o presidente se utiliza de “expressões fortes” para tratar de temas com carga ideológica e que “não acredita totalmente” quando diz que o movimento de Adolf Hitler na Alemanha pode ser considerado de esquerda.

Para ele, Bolsonaro quis endossar a ideia de seu ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, para que “não ficasse sozinho” na defesa da tese absurda.

Sobre o golpe de 1964, Mourão disse que a opinião do presidente é “simplesmente sobre história” para satisfazer alguns integrantes de sua base que podem ter nostalgia por aquela época.

Com informações da Folha de S. Paulo.