Mercedes-Benz jura que não fechará planta de Juiz de Fora (MG)

Compartilhe agora!

Mercedes-Benz nega em nota que irá fechar fábrica de Juiz de Fora (MG).
A montadora Mercedes-Benz, em nota, nega de pés juntos que fechará a planta de Juiz de Fora (MG);

“Tivemos conhecimento sobre a coluna abaixo e esclarecemos que esta notícia contém diversas informações e interpretações não verídicas”, contestou a empresa.

No último dia 18 de abril, o Blog do Esmael registrou que a gigante dos carros de luxo e de caminhões teria planos para demitir 900 operários e que isso poderia impactar na economia da região.

“Pedimos, por gentileza, que publiquem o posicionamento oficial da Empresa. E estamos à disposição no caso de dúvidas”, diz a nota, cujo posicionamento segue abaixo.

LEIA TAMBÉM
Greve une caminhoneiros, professores e agentes penitenciários no Paraná

Posicionamento Mercedes-Benz Juiz de Fora (MG):

· A Mercedes-Benz do Brasil em nenhum momento informou que deixaria de produzir em Juiz de Fora/Minas Gerais;

· Pelo contrário, sempre reiterou a importância estratégica dessa planta para a Empresa;

· Todos os investimentos da Companhia para veículos comerciais, invariavelmente, tem contemplado Juiz de Fora;

· Assim como aconteceu em 2014, com o investimento de R$ 230 milhões para Juiz de Fora e R$ 500 milhões para São Bernardo do Campo/São Paulo;

· Dos R$ 2,4 bilhões planejados entre 2018 e 2022, também há parte destinada para a planta mineira;

· Sempre foi reiterado de que as duas fábricas produzem em total sintonia;

· Juiz de Fora é responsável pela produção de todas as cabinas de caminhões e São Bernardo do Campo pela fabricação de caminhões;

· As necessidades de ajustes, naturais tanto na produção como nos processos logísticos, buscam tornar a nossa Empresa ainda mais eficiente e competitiva no mercado brasileiro.

Compartilhe agora!