abraham weintraub

MEC: Novo ministro toma posse e promete ‘guerra’ ao marxismo cultural


O novo ministro da Educação, Abraham Wientraub, será empossado nesta terça-feira (9), às 14h, em solenidade com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Abraham Weintraub, vinculado ao grupo de Olavo de Carvalho, promete uma guerra declarada contra o que chama de “marxismo cultural” nas universidades.

A nomeação de Weintraub pelo presidente Bolsonaro, segundo analistas políticos, indica uma opção pela polarização ideológica e o MEC é uma frente prioritária de combate para o núcleo mais extremista do bolsonarismo.

A bancada dos deputados evangélicos foi, novamente, ignorada por Bolsonaro nas articulações para indicação do novo ministro. Além disso, ainda resta na pasta uma forte presença de oficiais militares, como o secretário-executivo (uma espécie de vice-ministro), tenente brigadeiro Ricardo Machado Vieira. O grupo olavista e os militares travam ainda uma dura disputa no interior do ministério por cargos, recursos e diretrizes de gestão.

Logo após a solenidade, às 14h30, Abraham Weintraub participará da primeira reunião do Conselho de Governo, que reúne todos os ministros da gestão Bolsonaro.