Por Esmael Morais

Maioria no STJ reduz pena de Lula

Publicado em 23/04/2019

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), nesta terça (23), formou maioria pela redução da pena para o ex-presidente Lula.

Votaram para modificar dosimetria da pena do TRF4, o tribunal de segunda instância, os ministros Felix Fischer, Jorge Mussi e Reynaldo Soares da Fonseca.

O colegiado entendeu pela reduz da pena do petista para 8 anos, 10 meses e 20 dias. No TRF4, o ex-presidente havia sido condenado a 12 anos e um mês no caso do tríplex.

LEIA TAMBÉM
STJ sinaliza com soltura de Lula; acompanhe ao vivo

A defesa de Lula reivindicava a anulação da pena e, subsidiariamente, a redução da mesma.

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), manifestou-se sobre o julgamento de hoje.

“Lula é inocente, merece ser absolvido, mas os votos dados por redução na pena já mostram o nível de perseguição e arbítrio a que Lula foi submetido por Moro e pelo TRF4”, afirmou a dirigente.

O líder da bancada petista na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), também apontou perseguição política a Lula. Segundo ele, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) jamais venceria a eleição se o ex-presidente tivesse livre e concorrido na disputa do ano passado.

Ao vivo: