Por Esmael Morais

Lula terá habeas corpus julgado presencialmente pela 2ª turma do STF, decide Gilmar

Publicado em 12/04/2019

O ministro Gilmar Mendes, do STF, requereu à Segunda turma, nesta sexta (12), o exame presencial de um habeas corpus do ex-presidente Lula.

O HC busca anular condenação de Lula no caso do tríplex do Guarujá (SP).

O pedido de Gilmar se deu hoje na sessão virtual da Turma e a data do julgamento ainda não foi definida.

LEIA TAMBÉM
#AmigoDoAmigo é fake news nas vésperas de tribunais soltarem Lula

Além de Gilmar, a Segunda Turma é composta pelos ministros Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Celso de Mello e Edson Fachin.

Considerado garantista, o colegiado apreciará decisão monocrática do ministro Felix Fischer, do STJ, que rejeitou o recurso para o petista em abril do ano passado.

Paralelamente ao julgamento presencial na Segunda Turma, a defesa de Lula impetrou exame de agrave instrumental na decisão de Fischer. A Quinta Turma do STJ deverá fazê-lo depois da Páscoa, possivelmente no dia 23 de abril.

Lula é mantido preso político na Polícia Federal do Paraná há 1 ano. Ele cumpre pena antecipada de 12 anos e um mês de prisão.