Por Esmael Morais

Lula solto para impulsionar o País

A liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá ter dois efeitos positivos imediatos: 1- retomar a democracia ferida de morte e 2- impulsionar o País apontando os erros do governo Jair Bolsonaro (PSL). Há consenso na academia e em parte

Publicado em 14/04/2019

A liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá ter dois efeitos positivos imediatos: 1- retomar a democracia ferida de morte e 2- impulsionar o País apontando os erros do governo Jair Bolsonaro (PSL).

Há consenso na academia e em parte da frente política que a democracia brasileira foi interrompida com o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, em 2016, e escrachada com a prisão política de Lula há 1 ano.

LEIA TAMBÉM
90% sentem que a violência contra as mulheres cresceu

Não há um cristão em sã consciência que não atribua, ao menos em suas confissões ou penitências, que os petistas foram arrancados a fórceps para instalar um governo golpista encarnado primeiramente por Michel Temer (MDB) e agora, por contaminação, representado por Bolsonaro.

Feitos esses esclarecimentos iniciais, a liberdade de Lula pode recuperar a violentada Constituição e resgatar a massa crítica para impulsionar a nação em termos políticos, econômicos e sociais.

No estágio que se encontra, o Brasil aprofundar-se-á no abismo se não houver um novo fato político como a soltura de Lula.

Mais do que uma bandeira política ou ideológica, Lula livre é sinônimo de resgate da autoestima e da felicidade para os brasileiros.